sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Conhecendo os Heróis: Arthur

Como houve a mudança de sexo de Arthur em Fate/Stay Night, mas em Fate/Prototype, Saber é um homem e Shirou é uma mulher (Ayaka Sajou), mas esse merece uma parte só para ele. Por motivos de público alvo, Nasu acabou trocando o sexo dos protagonistas. Voltando ao assunto, existem pessoas que acreditam que Arthur realmente existiu, alguns especialistas acreditam que ele foi baseado em algum herói da época que, com o passar do tempo, teve sua história marcada por magia e fantasia. Há duas histórias de como surgiu sua lenda. 
Uther Pendragon estava sendo perseguido por seus inimigos, antes de morrer ele fincou sua Excalibur em uma pedra e jurou que o próximo homem que retirar sua espada se tornará o novo rei. Todos os grandes guerreiros tentaram retirar a espada da pedra, mas falharam. Com o tempo, isso acabou virando uma espécie de torneio onde o vencedor teria a chance de retirar a espada da pedra. Arthur era um jovem criado por Ector e tinha um irmão chamado Cai. Seu irmão estava participando do torneio, mas Arthur acabou perdeu a espada de Cai, desesperado, ele procura a espada mais próxima dele e acaba retirando a Excalibur da pedra. Ao fazer isso, todos os presentes curvaram-se para Arthur, menos Ban, que jurou guerra ao jovem. Após ter começado a guerra, Arthur consegue capturar Ban e o pede para jurar fidelidade ao novo rei, mas ele se recusa a jurar lealdade para alguém que não havia se tornado um cavaleiro de verdade, então Arthur diz "Estás certo meu senhor, faça-me então cavalheiro e jure fidelidade ao seu rei.". Ao ouvir isso, Ban pegou a Excalibur e nomeou Arthur como cavaleiro diante de todos.
A outra versão é que Igraine foi obrigada por Viviane (a Dama do Lago) a se deitar com Uther para que tivesse um filho. Mas Igraine era casada com Gorlois de Cornualha e por isso teve que esconder seu filho dando para Ector. Quando Uther morreu, Arthur foi levado para Avalon para ser coroado seguindo a tradição do Gamo-Rei, ele teve que deitar com a Deusa incorporada no corpo de sua própria irmã e após isso ele recebeu a espada sagrada Excalibur e sua bainha coberta com magia das sacerdotisas de Avalon. A bainha servia para proteger contra ferimentos e desmaios. E assim, Arthur conseguiu que os povos antigos do reino fossem seu aliado para sempre, e não negando sua parte católica, conseguindo dois grande aliados para reinar sobre a Grã-Bretanha. Há um livro chamado "As brumas de Avalon" onde é contado a história de Arthur na visão das mulheres, o nascimento de Arthur e seus momentos de glória já foram previsto pela Viviane e Merlin que fazem de tudo para que Igraine tenha o filho, também conta a preparação de Morgana, irmã de Arthur, para se tornar a sacerdotisa e sucessora de Viviane, a história segue até a morte de Arthur. É uma ótima leitura.
A versão da Type-Moon é que Uther Pendragon não podia aceitar que Arthur fosse mulher, por isso Merlin tem a ideia que Ector cuidasse de Arthuria. Quando ela completa 15 anos, Uther morre sem deixar herdeiros e a Grã-Bretanha entra em crise  após a grande ameaça dos Saxões, Merlin não vê outra alternativa e conta a verdade para Arthuria e diz que o povo do reino irá reconhecer ela como o nova sucessora se conseguir puxar a Caliburn da pedra na seleção do rei, ao retirar a Caliburn, ela receberia o dever de aceitar as dificuldades de um líder e ser responsável pelo bem-estar de seu povo. Mesmo sendo mulher, Arthuria retirou a espada e liderou a Grã-Bretanha e assim, ela levou seu reino à vitória graças a sua fortaleza em Camelot, junto com Merlin e os Cavaleiros da Távola Redonda, ela levou paz e prosperidade ao povo. Ao ter Caliburn destruída, Athuria recebe de Viviane a Excalibur junto com Avalon, a bainha sagrada que protegeria o rei de envelhecer e de se ferir em batalha. Mas por sempre servir ao povo, Arthuria sentia mal por ter que sacrificar suas emoções em nome de seu reino, muitos súditos viam ela como uma pessoa sem coração e, para piorar, ela perde sua bainha enquanto defendia o reino de ataques externos, quando volta, Arthuria descobre que na Grã-Bretanha estão começando as guerra civis.
A morte de Arthur acontece na famosa Batalha de Camlann onde ele luta contra Mordred (alguns dizem ser o sobrinho ou filho de Arthur, no anime ele foi tratado como filho), ele consegue matá-lo, mas é gravemente ferido. Bedviere encontra Arthuria caída e a leva até a Ilha Sagrada, chegando lá, ela pede que Bedviere retorne a espada sagrada para Viviane, com isso ele refletiria todos seus erros e arrependimentos. No seu leito de morte, Arthuria pede para o Mundo(Arayashiki), em troca de ser um Espírito Heroico, alguém para substituí-la e levar seu reino à paz e prosperidade eterna.
Na quarta guerra pelo Cálice Sagrado, Arthuria é invocada por Emiya Kiritsugu sob a classe Saber usando a Avalon como catalizador. Após o término da guerra, Emiya encontra um garoto no meio da destruição, para mantê-lo vivo ele usa a Avalon e implanta no corpo deste garoto. 10 anos depois, Emiya Shirou invoca Arthuria para lutar novamente pelo Cálice Sagrado. A única rota que a Saber fica viva é em um dos finais de Unlimited Blade Works como servo da Tohsaka, em Heaven's Feel, ela é sugada pelas forças de Angra Mainyu e se torna servo de Matou Sakura como Saber Alter. 

19 comentários:

Anônimo disse...

Esse é uma história com dezenas de versões, e nenhum que seja a mais "próxima" ou "aceita". Eu pessoalmente não curto muito a Saber, acho o personagem meio vago, principalmente quando comparado aos outros Servos de Fate/Zero. Mas na questão de versão, eu gosto bastante da adaptação de Bernard Cornwell, em As Crônicas de Arthur, ele combina realismo e fantasia na medida certa.

Abraços, Tom.
http://amalgamasrpg.wordpress.com

Mila-chan disse...

A Calibur foi destruída? Eu pensei que ela tivesse perdido, pelo menos foi isso que li em um site aí. Se bem que não me entra na cabeça alguém perder uma espada como aquela.

Patrik Shimizu disse...

a Saber é minha personagem favorita de todos os animes, ninguem é melhor que ela!

Anônimo disse...

Estou adorando em ler todas as lendas reais sobre os heróis do mundo fate.
Estou ansioso para ver os servos de Fate Prototype.

Anônimo disse...

Saabeeeeeeeeeeeeer s2s2 Amor da minha vida *vv*

Anônimo disse...

sinceramente prefiro o saber de prototype do que a de FSN , pq mesmo q tenham certos furos , a história do rei arthur considera terminantemente q ele era homem , além d q teve um filho(o/a mordred), todos os heróis mostrados pela type-moon , tirando essa saber e a red saber do Extra , estão com os seus gêneros corretos.
pelo menos a personalidade dela é legal....
P.S: sobre a excalibur , nos mitos a espada da pedra é a calibur , q foi destruída em batalha , porém o rei Arthur recebe uma espada + gloriosa q traria sempre a vitória e uma bainha q o impediria de sangrar , segundo algumas versões a calibur era encantada q nunca se quebraria e permaneceria em quanto o rei cumprisse seu pacto com Avalon , + o Rei Arthur quebrou esse pacto uma vez , o q resultou na calibur ser quebrada

edu disse...

A mudança de gênero Saber é criativa, mesmo que os mitos e lendas garantam que ele era homem, na série de Fate é mostrado que uma mulher jamais seria aceita como soberana da Bretanha naquela época, por isso ela assumiu o papel masculino e foi transcrita assim para as gerações seguintes. No fim das contas não muda nada a Saber ser homem ou mulher, ela é um Rei acima de tudo.
O problema do Prototype é que viraria quase uma história de donzela em perigo, estando o Saber Arthur no papel de mocinho e o Gilgamesh no vilão que sequestra a mocinha. No S/N ele quer a própria Saber, levando a um dos melhores embates.
Detalhe que eu ví em um comentário do Youtube, no Battle Moon Wars, Saber Lily é descrita como uma versão alternativa da Arthuria que foi aceita na condição de mulher como soberana e não perdeu a Calibur.

Unknown disse...

Gosto da Saber mas nunca consegui vê-la como Arthur. Seus estilo de guerreira mártir sempre me fez lembrar a Joana D'arc que até se não me engano no Fate Zero o Barbazul a chama assim. Claro que ela não teria a Excalibur mas na minha opinião pessoal ela teria funcionado melhor como essa encarnação de herói

Ryu FH disse...

Olá, novato aqui, ótimo site por sinal.

Bom, Pelo que eu li na visual novel com a tradução da mirror moon o "mordred" da VN havia um nome alternativo eu acho, algum similar para adaptar ele para o personagem feminino não lembro muito bem.
Eu não lembro do anime dizer que ela seria filha da Arthuria mas na VN conta que Arthuria era virgem portanto "a mordred" não deveria ser filha da Arthuria. Ao invés disso existe a explicação de que "a mordred" é um clone de arthuria criado pela bruxa Morgana, e isso explica ela no anime ter o mesmo rosto da Arthuria.
Já em uma das lendas do rei Arthur, Mordred realmente é o filho de Arthur com Morgana que seria a irmã do próprio Arthur.

edu disse...

@Ryu FH

Talvez o Apocrypha explique melhor a origem do Mordred (não vi nada além do básico desse). Segundo algumas infos, Arthuria foi temporariamente transformada em homem e teve o sêmen colhido, o Mordred seria como um homúnculo/clone dela.
Coisa de loco, mas as lendas mais "completas" do Rei Arthur rola muito disso.

Ryu FH disse...

@edu

É eu andei lendo uma wiki que fala isso ai, mas esse Apocrypha é um mundo paralelo como diz lá. Já esses caras da type moon inventam cada coisa para justificar as coisas que modificaram da história original (a 1ª que iriam fazer onde Arthuria era homem mesmo). Acho que a Type Moon não deveria ter feito essas mudanças. Não sou fanboy de personagens específicos, sou fã é de um bom desenvolvimento da série. E como um outro post disse, eu acho que a saber do Stay Night deveria ser a Joan of Arc. Bom, acho que aqui não é lugar de eu ficar dando minhas enormes opiniões...

edu disse...

É ficou meio forçado na descrição da Wikia, mas pode ter sido negligência de quem colocou a info lá.
Mas não acho tão absurdo, dependendo da versão da lenda Arthuriana, Morgana se deita com seu próprio irmão (sim, incesto :S), pra gerar um herdeiro pois Ginevere não podia ter filhos. Houve essa adaptação para transformar Arthuria em homem e Mordred foi gestado pela Morgana nessa também.
Prototype parecia interessante, mas pra época de 2007 ou menos, um personagem famoso com gênero trocado ainda era novidade e traria mais atenção a série.
Joana também acho mais fods no Apocrypha, ela e a personalidade histórica tem cara de juíza mesmo XD

Bruno disse...

Sou um Grade fã da Saber do jeito que ela é, para mim inclusive ela e a primeira grande paladina como exemplo que conheço, curto MUITO o personagem do jeito que é.Mas confesso que quando olho em matéria a fundo de lendas, simplesmente não consigo NEM IMAGINAR isso como real(ao menos da forma como anime deixa), sinceramente é muito forçado.

E dito que a Saber a uma mulher de uma beleza avassaladora(pensamentos do Shiro ao encontrar ela) de maneira ao meu ver que meio impossível esconder ela ser mulher.Não só isso, nas visões do passado e tudo ela nem parece esconder isso, ainda mais com aquela armadura que parece um vestido, algo ALTAMENTE FEMINISTA. Eu olho aquilo e penso "PORRA! COMO ACHARAM QUE ELA ERA UM HOMEM?!" AHHAHHA

Enfim , eu curto como ela é, adoro a historia e ate acho que a mudança de genero foi boa para o anime em si, mas deixaram ao meu ver muito furo nisso, poderia ter inventado uma explicação melhor para todos acharem que ela era homem.Penso por exemplo no Merlin ter ajudado, com alguma magia, assim todos olharia ela como homem, mas isso poderia ter sido explicado.

Achei falho que no fate é "Caramba rei Arthur era uma mulher!" quando deveria ser "Caramba Rei Arthur era uma mulher, COMO ISSO É POSSÍVEL?!"

Anônimo disse...

Edu, foi exatamente isso que eu pensei kkkkkkk eu fiquei tipo: "Ué! se ela está de vestido nos flashbacks, como diabos não perceberam que ela era mulher?!" concordo plenamente com você, eles bem que deveriam ter dado alguma explicação sobre o porquê das pessoas acharem que ela era homem. Uma pena, porque aí ficou furado :/ Apesar disso, a Saber é minha personagem favorita dos animes.

pedro eduardo disse...

Quando vai começar um post sobre os fantasmas nobres?

Theffy disse...

Confesso que comecei a ver Fate por causa da Saber, no inicio so queria ver o anime "da tal loirinha com uma espada", mas depois que comecei a ver Fate Stay Night fiquei fanatica. Comecei a pesquisar a fundo, li toda enciclopedia da Type-Moon sobre a Arthuria, desde seu nascimento,até sua morte. Me encantei totalmente, a ponto de dizer que na minha opnião é o personagem mais perfeito ja criado ate hj hehe..Não é so uma linda mulher com uma espada, sua honra, sua dignidade, sua doçura, seu orgulho, suas palavras, seu senso de justiça,sua bondade e determinação são muito cativantes. Sua triste historia, como Rei Arthur, que mesmo sendo o melhor rei de todos os tempos, que sempre se sacrificou-se pelo seu reino,que mesmo doando até a ultima gota de sangue pelo o povo ainda teve um fim em lagrimas de arrepedimento de teus atos, e se achava indgna do titulo de Rei. Arthuria sofreu muito, omitindo sua identidade como Mulher, nunca pode se apaixonar nunca pode viver como queria viver, sempre so pensando em seu povo, como o proprio Alexandre O Grande diz em Fate Zero. No inicio achava Shirou "Tosco" para ela, afinal ela é O REI dos cavaleiros. Mas aos poucos percebi que ele era tudo que ela precisava. Como rei era ela que protegia a todos, que se sacrificava, e Shirou lhe ofereceu tudo isto que ela não tinha...Ele a protegia,ele estava disposto a sacrificar-se por ela, ele a amava como mulher coisa que nunca lhe tinha acontecido. Como um certo amigo meu me disse : Shirou por Sakura é mais Piedade, Shirou com Rin é mais paixaozinha de Colegial, mas Shirou e Saber é amor verdadeiro. Por isto minha rota favorita ainda é a 1, Fate Stay Night. Pois valoriza mais os dois, e da para Arthuria um final mais "Feliz". Principalmente se vc considerar THE LAST EPISODE que QUASE NINGUEM CONHECE, onde seria uma continuação da primeira rota Fate: Arthuria acorda em AVALON, e la reencontra com Shirou, que diz que estava a espera da mulher que se apaixonou, que mesmo ferida ainda continuava a lutar, e assim ficam juntos pela eternidade la. (Pode parecer um final muito"Disney" feliz demais, mas fala serio com uma historia tão triste como de Arthuria, era o minimo que tinha que acontecer...ao contrario do que acontece no HF, onde ela vira Saber Alter e acaba morrendo nas maos do Shirou e tipo vc fica.....Poxa ela sofreu tanto e acaba assim, sem nem encontrar paz?!)

Vitor Hugo disse...

A caliburn se quebra por que a propria arturia nao respeitava os codigos de cavaleiros( por ser mulher na versao do anime e por atacar uma vila na história contada no livro)

Vitor Hugo disse...

As armaduras antigas nao saonque nem as dos filmes e mesmo que fossem elas sao muito pesadas e lentas
Ja o vetodo da arturia nao pois tem uma estrutura que fora ter umaboa defesa e aberto nas areas das pernas (ava e um vestido ne inteligencia)
Isso e uma esplicaçao
Sem contar que a arturia mesmo tendo uma face de mulher tinha algumas reaçoes de homem e tb crianças de ate 12 anos tem uma face mais afeminada (varianda característica dos pais por exemplo vc deve ter algo de parecido com um de seus pais nao importa qual ) sem contar o fato da avalon nao envelhecer o seu possuídor

Bruno Ramos disse...

Não conhecia esse Last Episode, n tinha visto.Vi pelo jogo e preciso dizer, é lindo final mesmo, ainda que tenha sido meio Disney mesmo.Rezo pra um dia fazerem uma adaptação melhor da rota e com esse final...